Visite-nos aqui..
Domingo, 9 de Outubro de 2005

- "Picaretas" na luta contra a Lagarta dos Pinheiros

Chegou mais uma vez a época para fazer o tratamento preventivo contra a lagarta dos pinheiros. Ao longo dos últimos 7 anos temos vindo a fazer este tipo de intervenção com uma eficácia a rondar os 100%.

pulv2005.gif
A GEOPLANTAS, Lda na Luta contra a Processionária dos Pinheiros

No entanto, para que os níveis de eficácia sejam estes, o tratamento tem que ser feito por técnicos especializados que conheçam o produto em questão, as dosagens adequadas a metodologia da aplicação, os periodos de segurança, os critérios de higiene...etc..

Todos os anos somos contactados por inúmeros potenciais clientes que já sofreram na pele os efeitos nefastos provocados pela lagarta (Processionária), este ano temos notado um aumento da preocupação das pessoas uma vez que o ano foi especialmente seco, o que potencia um aumento das população de lagartas. Até aqui... tudo normal.

A surpresa surgiu a semana passada, quando após termos entregue um orçamento para a execução dos referidos trabalhos, um cliente, recusou o nosso orçamento porque tinha um outro que era significativamente mais barato. Perguntámos qual era a empresa que conseguia fazer preços tão baixos e foi-nos explicado que era o Sr. que trabalha na bomba de gasolina que iria fazer o trabalho.

Pensámos que seria algum especialista que por vicissitudes da vida teria aquele emprego, pelo que nos foi dito que não, "é apenas um curioso que nos tempos livres trata das Processionárias para ganhar mais uns €s".

O manuseamento de produtos quimicos e a sua aplicação deve ser feita por especialistas, caso contrário não há responsabilidades. Não podem andar por aí "Picaretas" sem qualquer tipo de formação, a aplicar irresponsavelmente produtos quimicos com especificidades muito peculiares.

Para que anda a União Europeia a patrocinar Formação aos Portugueses se depois estes não conseguem por em prática os seus conhecimentos técnicos, porque andam uns "Picaretas" a executar mal trabalhos para os quais não estão preparados e pelo quais não podem ser responsabilizados.

Como diz o ditado "o barato sai caro". Fica aqui o alerta para as pessoas que contratam curiosos para fazer trabalho de especialistas.

Antes de contratarem esses "Picaretas", perguntem qual é a responsabilidade que eles assumem pelo serviço que fazem?
por Jardineiro às 14:44
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Pedro Miguel Rocha a 13 de Outubro de 2005 às 14:28
Quanto à aplicação de productos químicos esta deve ser evitada. Mas se a população da referênciada espécie atinge realmente números exagerados pode haver necessidade de efectuar um controlo da população. Não tenho conhecimento se o mesmo controlo pode ser efectuado sem recurso a productos químicos, mas presumo que existam alternativas aos químicos.

Quanto à questão dos picaretas, a questão é simples.
Não sei qual a legislação existente em relação a esta matéria, mas regra geral noutros paises é necessário deter algum tipo de certificado para exercer certas actividades.
Caso existe também essa necessidade, cabe às empresas lutar contra os picaretas pelos meios legais, uma vez que seria ilegal realizar o serviço sem formação especifica.
Caso não exista legislação cabe também às empresas do sector se organizarem e lutarem pela legislação que poderá melhor proteger a sua actividade. Afinal o sector tem interesses comúns e para isso fazem-se associações.

Em vez de nos queixarmos devemos ser construtivos na forma de abordar os problemas para que eles deixem de existir. Por isso fica o conselho.
Primeiro, informar-se sobre a legislação e estudar a possibilidade de impedir certos picaretas de tirar negócio a quem investe.
Segundo, caso a legislação não exista ou seja insuficiente, lutar pela alteração da lei ou introdução de nova legislação.



De cajolas a 10 de Outubro de 2005 às 10:04
Caro "Integral" quanto à responsabilização; a Geoplantas, tem seguro de acidentes de trabalho (coisa rara em Portugal), tendo em conta a formação do operador (Eng.º Florestal), garantirá o conhecimento das técnicas em questão, apoio técnico da empresa representante do produto em questão... e experiência reconhecida ao longo dos anos.

A foto não é ilucidativa, mas os operadores estão a trabalhar com máscaras e óculos de protecção.

Os predadores existentes (passaro chapim),, têm uma capacidade predadora muito pequena (pássaros mto pequenos), pelo que só seriam eficázes se a sua população fosse imensa, criando outros problemas provocados por essa população exagerada.

Quanto ao produto em questão, é produto homologado em Protecção integrada...

Espero ter sido suficientemente esplícito e que tenha ficado esclarecido... Não somos nós o Picaretas!!!



De integral a 10 de Outubro de 2005 às 09:13
Muito bem falado. Já agora e que tipo de responsabilização vocês assumem? A foto é dum picareta ou são vocês que trabalham sem material protector? Não há predadores naturais para essas lagartas? Desculpem ser tão inquisitivo, mas eu gostaria de ver um ambiente mais natural, com a natureza a ser ajudada a manter o equilibrio de forma a não prejudicar os ecossistemas. Já agora vale a pena pensar nisso.


Comentar post

a ver o meu Jardim
Previsão do Tempo para Lisboa
Web Counters
Translate to English In English

.Pesquisar neste blog

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Ultimas Tesouradas

. Recuperação de Jardim Fas...

. Informação sobre Jardins

. Laço da Esperança por Mad...

. Massacre de Golfinhos no ...

. ECOCASA

. Processionaria - o combat...

. A Nossa Árvore de Natal

. Reciclar a Árvore de Nata...

. - Culinária - Morangos em...

. Campanha de Sensibilizaçã...

. Festival de Internacional...

. Jardins com flores (Gaura...

. Flores cantando

. Cistus Purpureus

. Dia da Árvore

.Arquivos

.tags

. duvidas

. jardins

. solidários

. todas as tags

.Blogs Interessantes

.Blogs Verdes

.Sites Interessantes

GEOPLANTAS, Lda.
nA Companhia da Musica p'los animais Crew Bar Lusocuanza Infojardin Agroportal A Nobreza da Pedra Vedações Quercus

.subscrever feeds